top of page

PROJETO ESTABELECE REGRAS DE SEGURANÇA PARA A PRÁTICA DE KART NO ESTADO DO RIO

Foto: Reprodução/Rede Social-Arena Kartódromo VR Estabelecimentos responsáveis pelo funcionamento de pistas de kart no estado do Rio podem ser obrigados a cumprir normas básicas de segurança. A determinação é do Projeto de Lei 1.378/19, de autoria do deputado Marcio Canella (MDB), que a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) vota, em primeira discussão, nesta terça-feira (15/02). Por já ter recebido emendas, o texto poderá ser modificado durante a votação. A norma complementa a Lei 2.690/97. Os estabelecimentos deverão ter que instalar proteção metálica junto ao motor, o isolando de qualquer contato físico com o piloto e o seu assento. Além disso, deverão colocar proteção de pneus em toda a pista, de forma reforçada nos pontos críticos de alto índice de derrapagens e acidentes. Por sua vez, o piloto com cabelo cumprido somente poderá pilotar se seus cabelos estiverem devidamente presos com elástico e acondicionado dentro do macacão. Será ainda obrigatório o uso do cinto de segurança e dos demais equipamentos por todos os pilotos. Não será permitida a participação de pilotos que tenham ingerido bebida alcoólica, nem a saída da pista durante a corrida, salvo em situação de risco de vida. O piloto que descumprir as normas de segurança e que dirigir de forma imprudente ou perigosa será desclassificado. Canella relembrou o acidente que ocorreu com uma jovem de 19 anos, em Pernambuco, em 2019. “ A jovem Débora queria apenas se divertir na pista de kart, mas deixou seu cabelo solto para fora do macacão, sendo que, ao colidir com os pneus que protegiam a pista, seus cabelos foram puxados por um mecanismo do motor ”, justificou o autor da proposta.

PROJETO ESTABELECE REGRAS DE SEGURANÇA PARA A PRÁTICA DE KART NO ESTADO DO RIO

Foto: Reprodução/Rede Social-Arena Kartódromo VR Estabelecimentos responsáveis pelo funcionamento de pistas de kart no estado do Rio...

bottom of page