top of page

MOBILIDADE REGIONAL – UMA NECESSIDADE URGENTE

URBANISMO E EVOLUÇÃO DAS CIDADES *RONALDO ALVES Assistimos incrédulos a estagnação da Revisão do Plano Diretor da Cidade, completando agora mais um ano nas mãos da Comissão Especial da Câmara de vereadores, retardando os avanços que podem ser possíveis com as emendas já inteiramente discutidas e apresentadas por alguns vereadores. Nessas condições a cidade perde cada vez mais as oportunidades de orientar as ações do Executivo e atender às prioridades que se impõem cada dia mais na vida dos cidadãos. Enquanto as discussões não são retomadas e as emendas votadas, vamos abordar hoje um assunto por demais importante na vida das pessoas, principalmente estudantes, trabalhadores e consumidores do Comércio em Geral das três (3) principais cidades interligadas na nossa Região. Barra Mansa, Volta Redonda e Pinheiral. Trata – se da Mobilidade entre elas, por modal de transporte coletivo de forma expressa e moderna, mediante veículos BRT articulados e operando nos dois sentidos. Atenderá acessos ao ensino médio e superior (UBM-Universidade Barra Mansa, Escola Técnica Pandiá Calógeras, ITEC/UNICESUMAR, UFF/METALURGIA, ICT-Instituto de Cultura Técnica, UGB/FERP - Fundação Educacional Rosemar Pimentel (Volta Redonda), Universidade Federal Fluminense (Volta Redonda) UNIFOA- Fundação Oswaldo Aranha e antigo Colégio Agrícola Nilo Peçanha, hoje IFERJ, (Pinheiral). Essas instituições demandam alunos das 3 cidades. Cerca de 50 mil estudantes circulando. Atenderá também, da mesma forma, o acesso ao trabalho, (SIDERÚRGICA VOTORANTIM, hoje ARCELOR MITTAL, SAINT GOBAIN CANALIZAÇÃO, CSN e suas empreiteiras, Terminal da TRANSPETRO, COMPASS CONTEINERS, MASAFER EMBALAGENS, CINBAL, VINCOL, empresas de 3 Poços, METALCORE ESTRUTURAS METÁLICAS, COMPANHIA ESTANÍFERA DO BRASIL – CESBRA, FIBROMAR, BENCOAÇO, MODULAR, MALTA RIO, AÇOFER. ISOPINHEIRAL, GLASSTEMPER SUL, MAIPER SA de Pinheiral). Cerca de 25.000 Trabalhadores. Por Dia. O acesso ao Comércio entre essas cidades será fortalecido mobilizando cerca de 250 mil consumidores/dia no transporte coletivo expresso – BRT. Em menos de 1 ano se implanta isso mediante frota de BRT (como tem funcionado no Rio desde Campo Grande, Barra e Centro), mediante obras de adaptações em vias expressas, estações e terminais intermediários. Estudantes e trabalhadores das empresas poderiam ter um cartão especial diferenciado igual ao passe escolar e de idosos do SINDPASS (Sindicato das Empresas de Transporte Público de Passageiros do Sul Fluminense). O trajeto se faz em 35 a 40 min. Na Ida e na Volta. A cada 20 min sai um ônibus BRT de cada ponto final. Precisaríamos de 4 ônibus bi - articulados e 1 ou 2 de stand by. O custo benefício é imenso. Cerca de 300.000 pessoas beneficiadas, por dia. Funcionamento de saídas de 05 da manhã à zero hs do dia seguinte. Saídas do ponto final de cada cidade (final de linha). Terminal de BM e Terminal de Pinheiral. As 01 da manhã estariam recolhidos em garagens nas duas pontas. 3 turnos de motoristas e outros. Foto: Reprodução A operação pode ser licitada pelo Estado ou por um Consórcio das Prefeituras envolvidas. Esperamos que na próxima semana a Câmara Municipal coloque em pauta a Revisão do Plano Diretor que já está comemorando 14 anos de sua edição de 2008. Excelente oportunidade para que os senhores vereadores tomem essa atitude histórica de fazer do Plano Diretor um instrumento mais eficaz ainda de ordenar as funções sociais da propriedade. * Ronaldo Alves é arquiteto e urbanista ronaldoalves@raralves.com.br

MOBILIDADE REGIONAL – UMA NECESSIDADE URGENTE

URBANISMO E EVOLUÇÃO DAS CIDADES *RONALDO ALVES Assistimos incrédulos a estagnação da Revisão do Plano Diretor da Cidade, completando...

bottom of page