top of page

CENTROS COMERCIAIS TERÃO FISCALIZAÇÃO REFORÇADA

Guarda Municipal vai atuar nos cinco principais centros comerciais da cidade; manilhas que impedem trânsito no bairro Água Limpa serão retiradas Foto: Arquivo/Secom-PMVR A partir desta quarta-feira (12/08), a Prefeitura de Volta Redonda vai modificar a abordagem das barreiras sanitárias que, até então, ficavam fixas nas entradas cidade. A Guarda Municipal vai atuar nos cinco principais centros comerciais do município - Vila Santa Cecília, Amaral Peixoto, Aterrado, Retiro e Santo Agostinho -, podendo deslocar equipes para atender denúncias que cheguem por meio da Central de Atendimento Único (CAU) ou pelo Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp). O foco da ação mudou para a fiscalização do funcionamento das atividades econômicas, encontros, praças, e poderá ser em conjunto com os fiscais da Secretaria Municipal de Fazenda (SMF) e da Vigilância Sanitária. As equipes da Guarda Municipal atuaram por quase cinco meses em pontos estratégicos nos bairros Santa Inês, Jardim Amália, São Luiz, Vila Elmira, Jardim Belmonte, Santa Rita Zarur, Santo Agostinho, além da Rodovia dos Metalúrgicos. Mas o controle do acesso à cidade também era feito por sete barreiras físicas nos bairros São Luiz, Santo Agostinho e Água Limpa. Nas últimas semanas, o vereador Carlinhos Santana (PROS), que é morador do bairro Água Limpa, criticou a manutenção das manilhas que impediam o acesso à Radial Leste, pela Rodovia Lúcio Meira (BR-393). Ele postou diversos vídeos em sua página da rede social, cobrando do governo a liberação da circulação dos veículos pelo local, como forma de reduzir o tempo do trajeto de moradores que tinha como destino, bairros das regiões Norte e Oeste da cidade. De acordo com o governo, as manilhas que impedem a passagem dos veículos serão retiradas nesta terça-feira (11/08), por equipes da Secretaria Municipal de Infraestrutura (SMI). O comandante da Guarda Municipal, Dalessandro de Assis, explicou que a barreira vai ser remodelada para o formato de fiscalização dentro da cidade. “Vamos utilizar o efetivo para orientar a população e coibir irregularidades como o não uso de máscaras. A barreira voltará para as entradas automaticamente, caso os índices de monitoramento da Covid-19 no município, ultrapassem o estipulado para manter a flexibilização das atividades econômicas”, informou, avisando que o novo formato começa na quarta-feira e vai impedir as aglomerações diariamente nos centros comerciais e atender as demandas em outros locais, em horário de abertura e fechamento dos comércios. As barreiras sanitárias ultrapassaram a marca de um milhão de veículos abordados desde março nos acessos a Volta Redonda. “As barreiras tiveram um resultado significativo para evitar a entrada de carros de fora, diminuindo a circulação do novo coronavírus na cidade”, disse Dalessandro, alertando que o foco continua sendo a prevenção à Covid-19.

CENTROS COMERCIAIS TERÃO FISCALIZAÇÃO REFORÇADA

Guarda Municipal vai atuar nos cinco principais centros comerciais da cidade; manilhas que impedem trânsito no bairro Água Limpa serão...

bottom of page