top of page

MÁRIO ESTEVES GARANTE MANUTENÇÃO DO USO DE MÁSCARAS DE PROTEÇÃO FACIAL EM BARRA DO PIRAÍ

Prefeito reconhece importância de decisão da Secretaria Estadual de Saúde, mas manterá obrigatoriedade de uso do equipamento de proteção

Foto: Arquivo

O prefeito de Barra do Piraí, Mario Esteves (Republicanos), por meio de uma nota enviada à Imprensa, na tarde desta sexta-feira (04/03), confirmou que vai manter a obrigatoriedade do uso das máscaras faciais entre a população da cidade, em locais abertos e fechados. A decisão é diferente da adotada e liberada pelo governo do estado, que publicou, na quinta-feira (03/03), decreto que estabelece novas medidas de prevenção e enfrentamento da propagação da Covid-19.

O texto faculta aos municípios a flexibilização do uso de máscara em lugares fechados, diante do cenário heterogêneo atual da pandemia no estado do Rio de Janeiro. No entanto, em conformidade com o Grupo Setorial de Endemias, liderado pela Secretaria Municipal de Saúde, Mário Esteves decidiu que o quadro da utilização de máscaras em Barra do Piraí não vai mudar, por enquanto.

"De certo que casos estão em queda, bem como os óbitos pela Covid 19. Mas, se faz necessária a mesma cautela de sempre. Portanto, máscaras serão mantidas, excetuando apenas à mesa de bares e restaurantes, que continuam exigindo para a entrada nestes mesmos estabelecimentos", argumenta o prefeito.

OUTRO LADO - A decisão da Secretaria de Estado de Saúde foi adotada em função da alta cobertura vacinal e de haver municípios com baixo risco para a doença e outros ainda saindo da quarta onda da Covid-19 provocada pela variante Ômicron. "Caberá aos gestores municipais a decisão de liberar ou não o uso do equipamento de proteção individual", disse o o secretário estadual de Saúde, Alexandre Chieppe.

- Independentemente da decisão tomada por cada secretaria municipal, aquelas pessoas que desejarem continuar usando máscara em locais fechados ou abertos podem assim fazê-lo. Recomendamos que pessoas com sinais e sintomas respiratórios mantenham o uso da máscara se forem entrar em contato com outras pessoas. O ideal é que essas pessoas façam isolamento - garante Alexandre Chieppe.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) seguirá com o monitoramento dos indicadores e a atualização semanal dos Mapas de Risco por região e por município para subsidiar as decisões do Poder Executivo municipal. Nos locais em que a Secretaria de Estado de Saúde determinar a permanência do uso obrigatório de máscara, continuarão em vigor as penalidades dispostas no art. 5º da Lei Estadual N.º 8.859/2020.

Na hipótese de conflito, nos municípios em que já se encontram em vigor medidas de proteção a vida relativas à Covid-19, valerá a norma mais restritiva. O decreto entra em vigor na data de sua publicação. As medidas poderão ser revistas caso haja mudança no cenário epidemiológico da Covid-19 no estado.

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
Anúncio Geleias.jpg

Postagens Recentes

® Copyright
bottom of page