top of page

EMPRESA DO GRUPO TRELICAMP VAI SE INSTALAR EM VOLTA REDONDA

Foto: Divulgação/Secom-PMVR

O prefeito Antônio Francisco Neto (União Brasil) recebeu na quarta-feira (09/11), dirigentes do grupo Trelicamp, que vai instalar em Volta Redonda uma joint venture para manufaturar matéria prima comprada da CSN e da ArcelorMittal. A empresa ficará em um terreno de sete mil metros quadrados, localizado na Rodovia dos Metalúrgicos.

O projeto para o início das obras já foi entregue ao Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano (IPPU). A partir da aprovação da parte burocrática, de acordo com os dirigentes, o início dos trabalhos para montagem da unidade será imediato.

Temos origem no estado de São Paulo, mas já expandimos para Minas Gerais e agora vamos montar nossa primeira base no estado do Rio de Janeiro”, disse o CEO Túlio Eduardo Guilger dos Santos (TGS Metais).

Em Volta Redonda, a fábrica vai produzir e comercializar aços tipo ca60, ca50 e beneficiamento de bobinas laminadas da CSN.

Volta Redonda foi escolhida por ser a cidade sede da CSN e estar muito bem localizada, em um eixo rodoviário que nos dá fácil acesso a São Paulo, Minas Gerais e potenciais clientes”, destacou Túlio Guilger.

O número de empregos gerados e a produção serão avaliados de acordo com a necessidade do mercado, mas a unidade de Volta Redonda deve gerar entre 50 e 100 empregos na fase inicial.

O prefeito, que recebeu os empresários ao lado do secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Sérgio Sodré, e do subsecretário da Pasta, Fernando Lee, deu boas vindas ao grupo.

Ficamos extremamente felizes, até pela boa projeção de que outros clientes da CSN podem tomar esse mesmo rumo. A prefeitura é parceira, está se preparando para receber mais empresas e quer facilitar a geração de empregos”, destacou Neto.

CONDOMÍNIO - E para se preparar para a chegada de mais empresas, a Prefeitura de Volta Redonda está realizando a terraplanagem da área que irá receber o primeiro dos três parques industriais planejados para a cidade. Localizado às margens da Rodovia Presidente Dutra, no bairro Roma, o condomínio de 50 mil metros quadrados deve hospedar cerca de 15 empresas. A previsão é que a obra seja finalizada em dois meses.

O projeto irá receber empresas de pequeno porte, com até três mil metros quadrados por unidade, com uma boa estimativa de emprego e faturamento para a cidade. O Batalhão de Ações com Cães (BAC) da Polícia Militar será instalado próximo ao parque industrial, trazendo mais segurança para a localidade.

Além deste terreno, outros dois, também às margens da Rodovia Presidente Dutra, no bairro Roma, serão preparados para receber novas empresas. Será um de 150 mil metros quadrados e outro de um milhão de metros quadrados.

CAGED - Com a expectativa da geração de mais empregos, Volta Redonda vai se consolidando na criação de novas oportunidades. O Ministério do Trabalho divulgou em outubro os números do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), que mostram que a cidade mantém o ritmo de crescimento, com o quinto mês consecutivo “no azul” na geração de postos de trabalho.

Em setembro, o município teve 2.782 admissões contra 2.549 desligamentos, um saldo positivo de 233 novas vagas com carteira assinada. Os números colocam Volta Redonda como uma das que mais geraram empregos no Sul Fluminense. No acumulado do ano, são 23.593 admissões contra 21.796 desligamentos, um saldo positivo de 1.797.

댓글

별점 5점 중 0점을 주었습니다.
등록된 평점 없음

평점 추가
Anúncio Geleias.jpg

Postagens Recentes

® Copyright
bottom of page