top of page

COBRANÇAS DE MULTA POR ESTACIONAMENTO EM VOLTA REDONDA AGITA CÂMARA

Atualizado: 24 de mai. de 2023

A aplicação de multa por falta de tiquete para comprovar pagamento pelo estacionamento de veiculos ao ex-vereador Carlinhos Sant'anna, gerou reações diversas entre vereadores do atual mandato. No final da manhã desta terça-feira (22/05), Carlinhos postou um vídeo (assista abaixo) criticando a ação do operador do VRParking que o multou em R$ 12,50 por ter ficado mais de uma hora sem o tiquete e sem o cartão de gratuidade.

O ex-vereador contou na publicação ter deixado o carro estacionado e esqueceu de colocar o cartão de gratuidade destinado aos idosos, no painel do veículo. "Saí com muita pressa e não posicionei o cartão no para-brisas do carro. Só não compreendo o motivo de não ser possível manter o veículo estacionado por mais de três horas ininterruptas, e ser multado em cinco vezes o valor de uma hora?, questionou.

Na avaliação de Carlinhos Sant'anna, essa ação "é absurda e uma extorsão ao contribuinte".

_ Isso deveria ser revisto pelo poder concedente do serviço por meio de lei ou revisão contratual - afirmou Carlinhos.

Questionado sobre o ocorrido, o vereador Fábio da Silva de Carvalho, o Buchecha (Podemos), afirmou ser contrário ao valor excessivo cobrado, mas ponderou. "Uma coisa podemos afirmar. A oferta de estacionamento nos principais centros comerciais da cidade aumentou bastante. Antes, funcionários das lojas, postos de combustíveis, escritórios, e até da Usina Presidente Vargas da CSN, deixavam seus veículos de 7h às 20h, dificultando em muito estacionar para compras no comércio. Agora, a oferta e uso do estacionamento foi democratizado", disse, lembrando que defende a revisão da cobrança de maneira consensual.

Já o vereador José Humberto Albertassi, o Betinho (PSD), se disse contrário à manutenção do contrato como está. "Já falei isso com o prefeito Neto (Antonio Francisco. Eu nunca votei matéria sobre o parquímetro. Temos que ver isso", afirmou Betinho.

Outro a comentar e explicar o funcionamento do serviço foi o vereador Renan Cury (Solidariedade). "Mas, essa lei do estacionamento foi votada no mandato dele (Carlinhos). A diferença é que a multa era R$ 25 essa multa por tempo excedido, e hoje é de R$ 12,50. Nunca concordei, mas a prefeitura não conseguiu resolver, e já postei sobre isso em minhas redes. Queria reduzir o valor, mas contrato não permite. Na verdade, o contrato não permite nem a gratuidade para o idoso fora da vaga. Foi muita briga para conseguirmos" detalhou Cury.

No entanto, o que resta aos usuários das áreas de estacionamento público operado pelo VRParking é optar pelo transporte público concedido ao Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Sul Fluminense (Sindpass), ou ficar a mercê das cobranças.


Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
Anúncio Geleias.jpg

Postagens Recentes

® Copyright
bottom of page