top of page

CASOS LEVES DE SÍNDROME GRIPAL TERÃO ATENDIMENTO INICIAL EM UBSF DE BAIRROS

Orientação da SMS-VR é de que rede de urgência do município deve ser procurada em situações emergenciais

Foto: Arquivo

Moradores com síndrome gripal leve devem buscar o primeiro atendimento nas Unidades Básicas de Saúde (UBS e UBSF), conforme recomendação da Prefeitura de Volta Redonda, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Todas as 46 unidades, espalhadas nos bairros da cidade, estão aptas ao acolhimento de casos de síndrome gripal.

A rede de urgência do município – Hospital Municipal do Retiro (HMMR), Hospital Dr. Nelson Gonçalves (antigo Cais Aterrado), UPA Santo Agostinho e Serviço de Pronto Atendimento (Cais Conforto) – deve ser procurada em situações emergenciais – casos graves.

De acordo com o coordenador da Vigilância em Saúde de Volta Redonda, médico sanitarista Carlos Vasconcellos, o município tem registrado aumento expressivo de atendimentos, na rede pública e privada, de casos de síndrome gripal, seguindo o já registrado em outras regiões do Estado do Rio de Janeiro.

Entretanto, o médico esclareceu que não foi identificado, até o momento, aumento de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Por isso, a secretaria de Saúde adotou medidas imediatas como a ampliação da oferta de serviços e profissionais de saúde disponíveis para o atendimento da população.

“Estamos reforçando também a testagem para Covid-19 nas unidades básicas de saúde para todos os casos de síndrome gripal, e, além disso, acompanhando as notificações diárias do número de casos atendidos na rede pública e privada”, disse.

Vasconcellos comentou que após solicitação da prefeitura, o governo do estado do Rio de Janeiro enviará uma nova remessa da vacina contra a Influenza para Volta Redonda. As doses ainda disponíveis estão concentradas na UBSF Vila Mury com atendimento prioritário para gestantes, puérperas, imunossuprimidos e crianças – que precisam fazer a segunda dose. O médico ressaltou ainda que pessoas já vacinadas contra a gripe este ano não precisam se vacinar novamente.

Volta Redonda vai receber uma remessa de 1.500 doses, que será destinada a população acima de seis meses de idade, que ainda não tenha se vacinado contra a Influenza este ano. Assim que a cidade receber, a secretaria de Saúde irá informar as estratégias de aplicação”, finalizou.

留言

評等為 0(最高為 5 顆星)。
暫無評等

新增評等
Anúncio Geleias.jpg

Postagens Recentes

® Copyright
bottom of page