top of page

BARRA MANSA REGISTRA ÍNDICES POSITIVOS NO PRIMEIRO SEMESTRE LETIVO DA REDE MUNICIPAL

Ensino em sistema híbrido com alternância de alunos foi a maneira encontrada pela Secretaria para retomar atividades escolares em março passado

Foto: Arquivo

Os alunos da rede municipal de ensino de Barra Mansa retomaram as atividades referentes ao segundo semestre letivo nesta segunda-feira (02/08). O município faz parte estatisticamente de 1% das cidades que já retornaram as aulas presenciais no Brasil no primeiro semestre.

O sistema híbrido com alternância de alunos desde março passado evitou maiores prejuízos aos educandos em função da suspensão das aulas presenciais durante todo o ano de 2020 por conta da pandemia da Covid-19. Barra Mansa se destaca nacionalmente pela sua atitude. O plano de retorno foi elaborado pelo Comitê Municipal de Retorno às aulas, composto por diversas representações de conselhos de controle social, escolas públicas e privadas, secretarias, dentre outros, e homologado junto ao Ministério Público e Justiça.

Outro grande parceiro da gestão tem sido a Comissão de Educação da Câmara Municipal que tem cumprido seu papel de fiscalização e está em constante acompanhamento das ações realizadas.

De acordo com o secretário de Educação, Marcus Vinicius Pires de Barros, a decisão de retorno às aulas, seguindo todos os protocolos de segurança sanitários não impactou a tendência da curva de contaminação no município e representou um ganho expressivo para alunos, pais e professores. “A retomada das aulas exigiu planejamento e dedicação para a implantação de medidas de segurança rigorosas, como o uso obrigatório de máscaras faciais e peças sobressalentes para substituição no decorrer do expediente escolar, a verificação da temperatura corporal sistematicamente antes de entrar na escola, a frequente higienização dos ambientes com álcool, e do distanciamento social. Muitos pais não tinham como trabalhar com tranquilidade por não terem onde deixar os filhos em segurança. Até que as vacinas fossem disponibilizadas em quantidade suficiente para a imunização de toda a categoria, a prefeitura investiu na realização da testagem rápida dos seus profissionais para segurança de todos, graças ao apoio incondicional da Secretaria Municipal de Saúde”, enumerou.

Para além das medidas anti Covid, a Secretaria tem planejamento e execução de investimento em seis eixos principais, visando à melhoria dos indicadores da educação: infraestrutura predial, modernização da Secretaria, gestão de rede, gestão pedagógica, formação continuada e alimentação escolar.

INFRAESTRUTURA PREDIAL - Ainda segundo Marcus Vinicius, no que se refere à melhoria da infraestrutura predial, a secretaria está disponibilizando cerca de R$1,2 milhão do Programa Escola Legal para investimentos nas necessidades das escolas elencadas pelo diagnóstico de infraestrutura e anseios da comunidade escolar. Outros relevantes investimentos em obras serão realizados ainda este ano centralmente pela Secretaria no intuito de melhoria da qualidade dos prédios escolares.

GESTÃO DE REDE - A Secretaria tem buscado ferramentas para permitir um trabalho integrado e de indicadores envolvendo a gestão pedagógica, de infraestrutura, de pessoas e administrativa.

- Dessa maneira, estamos oferecendo o melhor para nossos alunos e professores e ainda conseguimos identificar as necessidades de novos investimentos, eventuais correções e adequações a serem efetuadas nas ações definidas como estratégicas e prioritárias- pontuou.

GESTÃO PEDAGÓGICA - Para os próximos meses, complementando as ações de gestão pedagógica, há previsão de aquisição de novos laboratórios de iniciação científica. Atualmente, 20 das 68 unidades escolares dispõem do laboratório, possibilitando maior e melhor aprendizado no dia a dia. Outro investimento previsto é a implementação, o mais breve possível, de turmas de correção de fluxo. Outro importante programa que será implantado neste segundo semestre serão as turmas com aulas de reforço escolar em Língua Portuguesa e Matemática, com intuito de suprir o déficit de aprendizagem que nossos alunos tiveram durante estes períodos sem aulas presenciais. As adesões serão voluntárias pelos Pais nas próprias escolas.

ALIMENTAÇÃO ESCOLAR - Por fim, na área da alimentação escolar, a Secretaria lançou no mês de julho a Chamada Pública para aquisição pela Agricultura Familiar, prevista no Programa Nacional de Alimentação Escolar com até 30% dos recursos federais para merenda escolar de produtores do município, previsto no PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar). O percentual equivale a aproximadamente R$1 milhão e além de fomentar a economia local, representa maior qualidade na alimentação.

A Secretaria disponibilizou a entrega de Kits de alimentação aos alunos em regime híbrido e remoto como forma de complementar a alimentação escolar, direito garantido pela Legislação Federal.

A inauguração da Casa Azul, Centro de Referência que atenderá alunos com Transtorno do Espectro Autista, também deve acontecer no decorrer do segundo semestre deste ano. Na avaliação da vice-prefeita, Fátima Lima, que é professora da rede pública de ensino, a Secretaria de Educação implementou medidas muito assertivas tanto no aspecto do processo de ensino, quanto das medidas de prevenção. “São iniciativas que, juntas, balizaram todo o processo de retorno às aulas”.

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
Anúncio Geleias.jpg

Postagens Recentes

® Copyright
bottom of page