top of page

SMS-BM CONFIRMA PACIENTE INFECTADA PELO COVID-19

Em Valença, SMS local confirma um caso suspeito; mulher está em isolamento na residência

Foto: Internet

A Prefeitura de Barra Mansa, por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), informou nesta quinta-feira (05/03), que a Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro confirmou o primeiro caso de novo coronavírus (COVID-19) em Barra Mansa. A paciente, de 27 anos, foi infectada fora do país, possivelmente na Itália. Os primeiros sintomas se manifestaram no dia 17 de fevereiro. Ela foi medicada no dia 20, em Portugal, com anti-inflamatório.

Na tarde desta quinta-feira (05), a Prefeitura se reuniu com uma equipe do setor de pneumologia para alinhar as ações, sempre seguindo o Protocolo de Manejo para o novo coronavírus. A paciente segue em plano de contingência, em isolamento domiciliar.

A jovem voltou ao país no dia 23 de fevereiro, dando entrada na Santa Casa de Barra Mansa no domingo (01/03). A paciente passa bem e apresenta regressão da doença. Ela não teve caso de febre ou tosse, apresentando indícios de uma sinusite.

O caso não apresenta riscos, já que o período de transmissão, que é de 14 dias, já passou. Ninguém que teve contato com ela apresentou qualquer indício do COVID-19.

SUSPEITA - Outro caso que está sob suspeita, foi comunicado pela Secretaria Municipal de Valença, também na tarde de quinta-feira. De acordo com a nota divulgada, uma paciente deu entrada na Unidade de de Pronto Socorro com sintomas de dificuldades respiratórias e histórico de passagem por área de risco de contaminação, nos últimos dias.

Ainda segundo a SMS de Valença, o protocolo determinado pelo Ministério da Saúde foi seguido, e a paciente teve material coletado para análise, e enviado para o Laboratório Central de Saúde Pública do Estado (LACEN-RJ). A paciente foi liberada para tratamento domiciliar, e orientada ao isolamento social na residência da família. Uma equipe do setor de saúde municipal está acompanhando a paciente.

Vale ressaltar que a recomendação dos médicos especialistas em epidemiologia recomendam que a população mantenha hábitos de higiene básicos e rígidos. Todos devem lavar bem as mãos com água e sabão neutro, e usar antisséptico à base de álcool, limpando regularmente o ambiente, mantendo a ventilação no local. Também orientam evitar ambientes fechados com grande aglomeração de pessoas.




Anúncio Geleias.jpg

Postagens Recentes

® Copyright
bottom of page