top of page

CÂMARA SUSPENDE SESSÃO PARA VELÓRIO DE DESEMBARGADOR

Foto: Reprodução/Mário Sérgio Costa

Nesta foto do colunista Mário Sérgio Costa (Diário do Vale), o desembargador Antônio Carlos Bittencourt ao lado da esposa e advogada Vera Vieira Bittencourt


A Mesa Diretora da Câmara de Municipal de Volta Redonda suspendeu a sessão ordinária desta segunda-feira (19/08) e abriu o Plenário para as últimas homenagens no velório do desembargador Antônio Carlos Bittencort, morto nesta madrugada, aos 69 anos, vítima de insuficiência respiratória, quando estava a passeio na cidade de Campos de Jordão-SP. A confirmação sobre o velório foi feita há pouco pelo vereador Maurício Pessoa (PSC), amigo pessoal do magistrado e da família. O sepultamento está marcado para a manhã desta terça-feira (20/08), às 9h, no Cemitério Portal da Saudade.

Tendo formação pela Universidade Gama Filho em 1973, o magistrado foi advogado da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (EBCT) e da Companhia Estadual de Gás (CEG), tendo sido aprovado após concurso público. No ano de 1978, ingressou no Ministério Público de São Paulo, no cargo de Promotor de Justiça, e entre 1979 e 1984, atuou na mesma função, porém, no MP do Estado do Rio de Janeiro.

No mês de janeiro de 1984, Bitencourt ingressou na Magistratura do Rio, com atuações nas comarcas de Volta Redonda, Rio Claro, Paracambi e Porto Real, sempre na área criminal. O desembargador também era professor de Direito Penal e teve dois livros publicados, sendo que um deles na área eleitoral e outro, com foco criminal.

Ele foi juiz na Cidade do Aço por mais de 20 anos, tendo atuado como titular da 2ª Vara Criminal. Na ocasião, também foi o magistrado responsável pelas apurações de eleições no município.

Em maio de 2011, foi empossado desembargador no Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro. Cidadão carioca, mesmo depois de elevado ao Tribunal de Justiça, continuou na residência em Volta Redonda.


Anúncio Geleias.jpg

Postagens Recentes

® Copyright
bottom of page