top of page

PRÉ-CONFERÊNCIA DE SAÚDE É REALIZADA NO UGB-VR

Encontro, que foi prévia para a 12ª Conferência Municipal de Saúde, reuniu gestores da saúde, conselheiros e prestadores de serviços

Foto: Gabriel Borges/Secom-VR

Cerca de 500 pessoas participaram no sábado (16/03), no auditório do Centro Universitário Geraldo Di Biasi (UGB), no bairro Aterrado, da Pré-Conferência Municipal de Saúde de Volta Redonda. Os principais temas debatidos giraram em torno do Sistema Único de Saúde, com ênfase nos princípios de financiamento do SUS. O encontro foi uma prévia para a 12ª Conferência Municipal de Saúde, prevista para os dias 12 a 14 de abril. A abertura contou com a presença do prefeito de Volta Redonda, Elderson da Silva, o Samuca (PSDB), do secretário municipal de Saúde, Alfredo Peixoto, da presidente do Conselho Municipal de Saúde, Luzia Quintino, e do palestrante convidado, Paulo Filgueiras Tavares, presidente do Conselho Municipal de Saúde de Mangaratiba, que falou sobre Democracia e Saúde.

O prefeito Samuca lembrou que as políticas públicas na Saúde necessitam da reflexão e da participação de todos, seja dos profissionais do serviço público, prestadores e ou usuários:”O debate, as propostas são o fundamento para que se avance em políticas públicas que melhorem e ampliem o atendimento pelo SUS com verbas e investimentos na saúde pública. Não há melhor caminho para um administrador público, do que o diálogo com a sociedade. E é isso que estamos fazendo também na saúde.”, frisou o prefeito. Alfredo Peixoto agradeceu a participação de todos e ressaltou sobre metas e ações futuras. “Estamos aqui nessa Pré-Conferência, com base no que prega o nosso prefeito Samuca Silva: fazer de 2019 o ano da Saúde em nossa cidade. Estamos propondo metas e ações para esse importante setor (Saúde) para toda a sociedade. A pré-conferência contribui muito com a participação da população debatendo temas fundamentais que serão votados na Conferência em abril.“ A presidente da Federação de Associações de Moradores (FAM), que tem 80 associadas, Fátima Martins, afirmou que a participação no evento contribui para que as propostas melhorarem ainda mais a saúde pública no município. “Fortalecendo o SUS, quem ganha é a saúde pública, porque serão vários pensamentos e opiniões que vão somar e ajudar os governantes a tomar as decisões necessárias no dia a dia”, comentou. Os representantes das unidades da Atenção Básica da Secretaria de Saúde de Volta Redonda foram divididos em Distritos 1, 2, 3 e 4. No total, representantes de 46 bairros participaram desta Pré-Conferência Municipal de Saúde. A presidente do Conselho Municipal de Saúde, Luzia Quintino, afirmou que “a Pré-Conferência é um pontapé inicial para garantir conquistas e para que ninguém fique de fora do debate sobre o financiamento do SUS, porque todas as pessoas têm direito a viver com saúde e envelhecer com dignidade”.

Anúncio Geleias.jpg

Postagens Recentes

® Copyright
bottom of page