top of page

LIGHT CONFIRMA CORTE E GARANTE QUE VAI NORMALIZAR FORNECIMENTO


A concessionária Light informou há pouco que desligou o fornecimento de energia para a sede da Prefeitura de Volta Redonda e outras unidades "devido à inadimplência com a distribuidora". A Assessoria de Comunicação Corporativa da concessionária explicou à reportagem da GAZETA DOS BAIRROS que a dívida total da administração municipal é de cerca de R$ 23 milhões, incluindo R$ 17 milhões referentes à iluminação pública não quitados, renegociados em 2016 e não pagos até o momento. O restante está em faturas não pagas desde julho de 2018, relativos à sede da prefeitura de Volta Redonda, à quatro secretarias municipais, ao suprimento de semáforos. Junta-se ainda a iluminação pública atual da cidade, ao Estádio Sylvio Raulino de Oliveira e a outros parcelamentos de débitos também não quitados.

"A companhia cumpriu todos os procedimentos regulatórios anteriores ao corte e só efetuou a suspensão do fornecimento depois de esgotar todas as possibilidades de negociação". A Light, após uma solicitação da Prefeitura de Volta Redonda, religou a energia para a sede e normalizará, ainda hoje, o fornecimento para todas as unidades que foram desligadas. Uma nova negociação será realizada com a Prefeitura de Volta Redonda, amanhã (27/09), na sede da empresa de energia, na Avenida Amaral Peixoto, no Centro.


Anúncio Geleias.jpg

Postagens Recentes

® Copyright
bottom of page