top of page

GOVERNO MUNICIPAL ABRE CORAÇÃO FINANCEIRO DE VR

Prefeito mostrou dados referentes à gestão financeira e administrativa de 2017 e antecipou cortes da ordem de 25% em todas as secretarias, além de suspensão de viagens

O prefeito Elderson da Silva , o Samuca (Podemos), apresentou na manhã desta sexta-feira (24/08) detalhes de como está a saúde financeira da administração municipal, referente ao ano de 2017. As informações técnicas foram direcionadas aos jornalistas de diversos veículos de comunicação da região, durante entrevista coletiva no auditório do Palácio 17 de Julho, sede da prefeitura. Houve a divulgação de dados oficiais que já foram encaminhados ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-RJ).

“É nosso papel transmitir as condições para a sociedade, o resultado e os dilemas e desafios da prefeitura. Apresentamos uma retrospectiva com dados que representam uma transparência que queremos passar para toda a sociedade”, explicou o prefeito.

Samuca estava acompanhado dos secretários municipais de Fazenda, Norma Chaffin, de Planejamento, Transparência e Modernização da Gestão, Enock Azevedo, e do procurador geral do município, Augusto Nogueira, e o controlador geral do município, Carlos Rosa. Um dos pontos abordados pelo prefeito foi o saldo positivo conquistado em 2017, referente ao comparativo entre a receita arrecadada e a despesa liquidada.“Conseguimos um saldo positivo de R$ 26 milhões no resultado orçamentário. Conseguimos aumentar a arrecadação, e sem gastar muito, utilizando mudanças sistemáticas na administração”, disse o prefeito.

A apresentação contou ainda com informações sobre dificuldades enfrentadas pela administração municipal, como a diminuição da participação de Volta Redonda na arrecadação do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), as dívidas (tanto as registradas e a que ainda não estão contabilizadas), além de dados financeiros com os valores do patrimônio da prefeitura, entre outros.


NOVAS MEDIDAS DEVEM MUDAR DATA

DO PAGAMENTO DOS SERVIDORES


Para seguir buscando a melhora das contas da prefeitura e garantir a prestação do serviço público aos cidadãos, o prefeito apresentou algumas ações que estão em andamento. Em relação ao funcionalismo público, as ações são: reformulação do Faps (Fundo de Assistência e Previdência Social dos Servidores Públicos), elaboração de programa de demissão voluntária, adoção de suspensão de pagamento de servidores não autenticados pelos secretários municipais e gestores de autarquias.

Algumas medidas imediatas já foram adotadas, visando à garantia dos serviços públicos e a manutenção das contas. Entre elas estão o cancelamento da Feira da Primavera e da Festa do Servidor, com o planejamento de serem retomados em 2019; redução de até 25% nos atuais contratos da prefeitura; cancelamento de viagens, com exceção das pertencentes à área da saúde; e possibilidade de pagamento dos servidores até o quinto dia útil do mês seguinte (tradicionalmente ocorre no último dia útil do mês).

Após a apresentação dos dados, o prefeito e os outros participantes da mesa responderam a perguntas dos jornalistas. Samuca Silva ressaltou a importância da transparência das informações para a sociedade e o trabalho realizado por suas equipes.

“O cidadão merece saber como está a situação do município e toda a estrutura da prefeitura está empenhada em superar os desafios que se encontram pela frente, sem deixar de servir ao cidadão”, finalizou o prefeito.

Ele comentou sobre a importância do acolhimento, por parte das empresas e cidadãos inscritos na Dívida Ativa, em buscar negociar seus débitos a partir do programa Refis 2018, que se encerrará no próximo dia 31.

"Obtivemos uma considerável redução da dívida, mas precisamos avançar ainda mais. É bom para todos, uma vez que estes recursos estarão retornando em benefícios para a população, empresários, e para toda a sociedade", concluiu Samuca Silva.

Anúncio Geleias.jpg

Postagens Recentes

® Copyright
bottom of page