top of page

CÂMARA EM DEBATE


O presidente da Câmara de Vereadores de Volta Redonda, Washington Granato (PTC) está definitivamente disposto a colocar os parlamentares na condição de protagonistas da revisão do Plano Diretor do município. Ele determinou que na próxima quinta-feira, uma reunião com todos os vereadores vai começar a definir quais os serão os membros de uma comissão especial criada, para o que ele denomina de "esforço concentrado para o desenvolvimento".

Na última sessão ordinária antes do feriado pelo "Dia do Trabalhador", Granato voltou a criticar a situação atual da cidade, face ao desordenamento de trânsito, próprios públicos, áreas de terras sem uso social ou comercial, dentre outros. "Não é mais aceitável que nossa cidade continue neste atraso revisional, sem que haja participação ampla e contundente dessa Casa Legislativa", avaliou o vereador.


Mais...

E também na sessão ordinária da última quinta-feira (26/04), o vereador e ex-presidente da Câmara, Sidney Teixeira, o Dinho (PEN), levantou um assunto que muitos não querem nem ouvir falar. Dinho questionou o vereador Maurício Pessoa (PSC) sobre um suposto acordo para criação do "Grupo dos 11", em detrimento do atual "Grupo dos 14".

Estes grupos nada mais são que uma reunião de vereadores dispostos e comprometidos em manter a governabilidade administrativa do prefeito Elderson da Silva, o Samuca (Podemos). De acordo com o vereador do PEN, ele teria "sido informado por um dos parlamentares sobre uma suposta articulação de Maurício junto a um grupo de colegas de parlamento, sobre a possibilidade da formação do novo bloco".

O vereador Maurício Pessoa, que estava conversando com membros da Mesa Diretora, ao perceber o assunto, retornou para sua bancada e negou veementemente tal posicionamento. "Estou com dificuldades de atender meu próprio mandato, como estaria querendo interferir no de meus pares? Por favor, se houver qualquer coisa envolvendo meu nome, e que não esteja sendo dito por mim, considerem como invencionice e falta do que fazer por parte dos que inventam", bradou o parlamentar.


E mais...

Antes porém, o vereador Sidney Teixeira, não se fez de rogado ao defender os colegas parlamentares e a Câmara, ao tecer duras críticas ao professor, historiador e "facebooker" Adelson Vidal Alves. Tudo se passou em razão de o parlamentar ter tomado conhecimento das críticas que o historiador postou em sua página de relacionamento, direcionadas à Casa Legislativa e aos vereadores.

De acordo com o texto de Adelson Vidal,"A Câmara de vereadores de Volta Redonda nos últimos anos já aprovou Dia do Terço, Memorial para orar por Jerusalém e agora tem o projeto "Templo Legal" que facilita a vida dos religiosos na concessão de alvarás de funcionamento. A proposta, óbvio, veio de um evangélico, Fernando Martins, que é destes que defende cura gay, é contra o debate gênero nas escolas, enfim, imagina aquela cabecinha estúpida e reacionária. O projeto foi vetado pelo prefeito Samuca, por questões óbvias, mas os vereadores, e aí a responsabilidade é geral, derrubaram o veto, de olho, quem sabe, nos votos religiosos. Em Outubro teremos eleições, e se vc não é aquela mente quadrada pau mandado de pastor e padre, custa nada olhar o que seu candidato anda fazendo, se está trabalhando em prol do coletivo e do desenvolvimento, ou se anda trabalhando pelo retrocesso e a favor somente dos seus pares. Depois não adianta reclamar", finaliza ele.

Anúncio Geleias.jpg

Postagens Recentes

® Copyright
bottom of page